Concurso Público: Ministério da Economia abre mais de 300 vagas

Apesar de muitas pessoas acharem que há uma grande escassez de vagas de trabalho, ainda há muitas empresas que estão com diversas oportunidades de emprego disponíveis para um grande público de profissionais de algumas áreas.

No meio disso tudo, muitas pessoas optam por investir em estudar para conseguir passar em algum concurso público e finalmente garantirem sua tão sonhada vaga de concurso público. Diante disso, o Ministério da Economia está com mais de 300 vagas disponíveis. Confira mais abaixo para saber como se candidatar!

Concurso Federal ou Estadual?

Ao entrar no mundo dos concursos públicos, nos deparamos com um mar de possibilidades e alternativas. No começo, tantas opções e ofertas podem nos deixar confusos a escolher para qual vale mais a pena estudar e qual faz mais sentido para a sua área e carreira profissional.

Um dos principais concursos que existem no Brasil é o Federal e o Estadual. Entre as principais diferenças, apesar de óbvia, é o fato de que as leis para o servidor estadual dependem do Estado de atuação e as leis para o servidor federal são federais.

Normalmente, muitas pessoas pensam que os concursos federais são mais vantajosos e não estão de todo errado, até porque possuem vantagens como poder ser transferido para outro estado. Mas questões como salário, varia muito de acordo com cargo, área de atuação de cada concurso. A questão é escolher o que faz mais sentido para você.

CONFIRA TAMBÉM: Concurso público: CGU abre mais 300 vagas para cargos públicos

Concurso Público do Ministério da Economia

Foi lançada a seleção para a contratação temporária de mais de 300 profissionais para atuarem em diversas áreas do Ministério da Economia. Além disso, as provas também são destinadas a selecionar e criar um banco de profissionais reservas.

As oportunidades são voltadas para profissionais de nível médio e nível superior. As vagas para aqueles são aplicadas para os cargos de nível médio, o salário pode chegar até R$1.700. Já aqueles que aplicarem para os cargos de nível superior, o salário pode variar de R$3.800 e R$6.000.

Vale dizer que o cadastro reserva possui validade de até 2 anos e com possibilidade de ser delongado só mais uma vez por mais 2 anos.

Como inscrever-se nas vagas

Ficou interessado nas oportunidades e acha que se encaixa nas vagas listadas abaixo? Basta clicar aqui que você será direcionado diretamente para o site de cadastramento.

A prova e seleção é organizada pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), então, ao clicar no link você entrará no site da instituição. Além desse concurso, você também poderá ver outros concursos em andamentos que a instituição está organizando.

Além disso, no site você consegue ver o edital de forma completa e na íntegra. O valor de inscrição é de R$64,00, ou então R$54,00 caso você aplique para o nível de Técnico em Atividades Previdenciárias e de Apoio.

Depois da avaliação pela prova objetiva, o candidato passará por uma avaliação de títulos.

Para participar, pode possuir qualquer formação com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação. Porém, para os cargos mais altos é necessário possuir uma formação complementar (Pós-graduação stricto sensu ou lato sensu) nas áreas de Administração Pública, Direito, Contábeis ou Economia.

Para os cargos de nível superior mais intermediários, só é necessário possuir formação com diploma reconhecido pelo MEC em qualquer área. E para os cargos de nível médio, só é necessário ter concluído o ensino médio.