Confira estas 5 dicas de como economizar nas contas domésticas

Sustentar os gastos de ter uma casa (sendo alugada ou quitada) não é uma tarefa tão fácil assim. Na verdade, no meio disso tudo acaba até perdendo o controle de tantas contas a pagar, porém, ter isso de forma organizada é extremamente essencial para as nossas finanças pessoais.

Só assim conseguiremos ver quais faturas mais geram gasto e quais contas poderíamos controlar financeiramente. Por isso, neste artigo você verá 5 dicas para você economizar nas suas despesas domésticas.

dicas-economizar-contas-domesticas
Imagem: Ijeab – Freepik/ Reprodução

Organização financeira

Na verdade, toda a questão econômica (principalmente os gastos domésticos) parte da organização financeira. Ou seja, ter um controle sobre quanto você ganha, gasta, guarda e investe é o primeiro passo caso você queira economizar nos seus boletos domésticos.

Por isso, tenha tudo muito bem organizado, colocado em ordem de prioridade e com um valor certo destinado para cada gasto. Então, saiba exatamente quais são seus gastos fixos (como aluguel) e variáveis (como conta de luz) para que assim você tenha um controle sobre todas as despesas.

Por isso, ao organizar seu planejamento financeiro foque no que é mais necessário e urgente do que em coisas que são mais opcionais. Depois de entender isso, podemos partir para outros pontos que te ajudam a economizar em casa.

dicas-economizar-contas-domesticas
Imagem: Wirestock – Freepik/ Reprodução

LEIA TAMBÉM: 5 aplicativos para você administrar melhor suas finanças pessoais

Energia e água

Quando se fala em economia doméstica, essas talvez sejam uma das primeiras coisas que as pessoas normalmente pensam. Inclusive, é um pensamento que faz sentido porque esses dois gastos representam grande parte dos gastos (principalmente a conta de energia).

Cuidados como desligar eletrodomésticos não muito usados da tomada, usar lâmpadas mais eficientes (led), aproveitar a luz do sol, usar o forno somente quando for necessário e muitas outras dicas, já ajudarão bastante na conta de energia.

Por outro lado, reaproveitar a água da chuva e da máquina de lavar, diminuir tempo no banho, consertar vazamentos e várias outras medidas ajudarão muito no fim do mês quando a conta de água chegar.

Alimentos e compras

Esse também é um tópico importante nas economias de casa e que deve ser levado muito em consideração. Ter hábitos como assar mais de um alimento no forno, fazer mais comida e pedir menos em deliveries, reaproveitar o alimento e outras dicas vão te ajudar a economizar.

Relacionado a isso, as compras de mercado são um dos pilares de gastos domésticos e requer alguns cuidados. Por isso, sempre tenha uma lista do que está em falta, faça compras 1 vez por semana (e não diárias ou mensais) e nunca vá ao mercado com fome, você pode acabar gastando com o que não precisa.

Economize diariamente

Isso quer dizer que ter esse hábitos te ajudarão a desenvolver mais hábitos de economias diárias. Então, você começa a comparar preços para ver qual vale mais a pena, negociar algumas compras, optar pelo mais viável e até cortar gastos desnecessários (como aquele streaming que você não usa faz 1 mês).

Priorize o importante e não crie obsessões

Adotar essas medidas é muito mais uma mudança de mentalidade do que somente uma lista de regras. Por isso, é importante que você entenda os motivos de tomar esses cuidados e de fato priorizar aquilo que faz sentido.

Essa “lista” de economias domésticas são mais para ajudar no seu dia a dia e guiar sua tomada de decisão, até porque às vezes algo aqui citado nem faz sentido para você. Por isso, é muito mais uma mudança de pensamento e entender o que de fato faz sentido para o seu dia a dia.

Diante disso, não é necessário ser obcecado, por exemplo, em economizar cada gota d’água ou viver com todas as luzes da casa apagadas. Uma mudança de mentalidade traz equilíbrio para as suas finanças e para sua vida.